Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

bokeh

passo a vida desfocado

bokeh

passo a vida desfocado

DRONADO

 

meti-me no drone e ando todo dronado.

porém, um disléxico a comandar um drone não dá muita segurança aos transeuntes, razão pela qual me fui pôr bem longe de tudo o que é homo-sapiens.

o batismo de voo foi a semana passada e parece-me, tendo em conta as vezes que o drone foi aos galhos das árvores, que não vou chegar à primeira comunhão com o quadcóptero "vivo".

dizem que há uns mais fáceis de pilotar mas, como este é dos chineses e é do tipo conduzir um carro com o guiador cheio de folga e a direcção desalinhada, será uma questão de tempo até o domar.

nunca fui de fazer vídeos, gosto mais de fotografia. mas, agora com esta coisa voadora e com o imovie, até se fazem umas brincadeiras engraçadas.

 

e também dá para fotografar :)

 

mar_-2.jpg

 

mar_-3.jpg

 

mar_.jpg

 

ANIMAL DE ESTIMAÇÃO

lagarta.jpg

 

apareceu sem ser convidada, transportada por uma alface, e ficou.

como a vida nas cidades não deixa muito espaço ao contacto das crianças com a natureza, decidi deixá-la ficar por cá para que o vicente possa assistir à sua transformação em borboleta.

estas fotos são do inicio da semana e ontem já criou uma teia à sua volta para mudar de pele. segundo li, depois virá a fase do casulo e só então a metamorfose.

vou tirando fotos para vos mostrar o desenvolvimento.

  

lagarta-3.jpg

 

 

lagarta-2.jpg

 

POLUIÇÃO

poluição.jpg

 

esta é a miséria que pode ser encontrada em qualquer rio, oceano ou, neste caso, numa fonte aqui na terriola.

os ecopontos foram uma ideia interessante mas, parece-me, não fizeram mais do que ajudar à promoção de utilização de material descartavel.

não é que tenha saudade de ir à fonte buscar água em garrafões de vidro mas esse tipo de acção, que serve aqui como exemplo de muitas outras situações, poupava a natureza de ser sujeita a ciclos de poluição que encontramos nos nossos dias. 

o exemplo de ir à fonte buscar água é um bom exemplo porque permite, também, identificar a quase extinção de fontes de água potável e o contributo que as industrias na cadeia de produção de embalagens de água tiveram e têm na sua contaminação.

sou favorável ao investimento na ciência e tecnologia para encontrar formas de produzir embalagens bio-degradáveis mas, não o deveríamos fazer sem, seriamente, investir na mudança de comportamentos.

 

FELICIDADE KITSCH

armona-58.jpg

 

não sei se foi por ter lido este post sobre pessoas introvertidas ou este sobre dementors, e por me identificar com o primeiro e tentar ao máximo não cair na descrição do segundo, que me levou a deixar aqui um repto e dizer que há um retiro para estas pessoas....na ilha da armona.

 

para quem não gosta de confusão e pretende saborear a vida com tranquilidade, aqui pode encontrar esses ingredientes, com a cereja no topo do bolo de não haver carros nem motas quitadas que se ouvem a três triliões de distância.

por outro lado, há rede quatro gê :)  que nos permite continuar agarrados à net.

para os que estão de mal com o mundo e só querem o mal do próximo, também é o sítio ideal....há lá zonas com areias movediças e, com um bocado de sorte, aterram lá para todo o sempre.

para os que ainda estão no limbo e sentem ter salvação, estou certo que a felicidade pura das crianças que se atiram do cais para a água, que brincam despreocupadas no mar raso e sem corrente, que jogam à bola na areia ao por do sol e ainda aproveitam o calor dos últimos raios para mais um mergulho, serão o tónico para a conversão.

 

na maior parte do país, onde reina a desorganização e falta de planeamento urbanístico, encontramos misérias construtivas que, não tivéssemos nós crescido em anexos e marquises, só dão vontade pedir ao kim jong un que aponte para lá um míssil. 

mas, curiosamente, na armona, a falta de planeamento juntamente com a envolvência, resultou num lugar cheio de carácter, personalidade e beleza kitsch.

 

vão lá ser felizes pelo menos uma semana.....se tiverem filhos pequenos, fiquem duas semanas.

 

 

armona-10.jpg

 

  

armona-24.jpg

 

  

armona-19.jpg

 

 

armona-21.jpg

 

 

armona-62.jpg

 

 

armona-61.jpg

 

 

armona-22.jpg

 

 

armona-63.jpg

esta última foto (a mais bonita delas todas), foi da senhora bokeh. 

 

DILEMA

 

ilha deserta-2.jpg

 

 

depois de várias horas a discutir em família onde ir nas férias de verão, decidimos, por fim, que seria este o ano de sair do país....para onde quer que houvesse boa praia, bom tempo, pouca confusão e boa comida.

definidos que estavam os critérios de escolha, fui para a internet procurar possibilidades.

depois de várias horas de pesquisa, e já um bocado confuso de tantas opções, fiz uma pausa para rever as fotos do verão passado (em baixo).......grande erro!......lá se foi a vontade, outra vez, de apanhar um avião e sair do país.

é certo que vi fotos espectaculares de vários locais no sul da europa e na américa central mas, a sério, o que é que um lugar destes fica a dever ao melhor que há no mundo? e, no topo disso, não temos de perder horas em aeroportos, aviões, filas de rent-a-car and so on and so on.

eu adoro viajar mas quando começo a por nos pratos da balança os prós e contras de sair do país para as férias de verão, tenho sempre dificuldade em encontrar argumentos suficientes para que o prato penda para o lado dos prós.

 

e vocês?

 

na ilha deserta, faro, dois mil e dezassete

 

 

ilha deserta.jpg

 

 

ilha deserta-3.jpg

 

 

ilha deserta 8.jpg

 

 

ilha deserta-7.jpg

 

 

ilha deserta-4.jpg

 

 

ilha deserta-8.jpg

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D