Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POINT&SHOOT

já tinha ouvido falar da pitoresca azenhas do mar mas nunca tinha surgido a oportunidade de lá ir.

na verdade, também não foi desta que lá fui porque, no meu conceito de ir, está subjacente o ato de visitar, estar, conhecer e falar com os locais.

o que fiz foi passar pela estrada número trezentos e setenta e cinco, parar cinco minutos (aproveitando que o garoto estava a dormir), e, como qualquer bom turista de instagram, tirar fotos iguais a outras tantas e dar a fuga.

é bonito sim senhor, o céu carregado e a névoa densa contribuíram para o cenário pitoresco....só faltou passar à hora do por do sol para colorir mais o ambiente.

 

DSC4006 (2).jpg

azenhas do mar, portugal | nikon d810 24-70mm @24mm 30" f/9 iso64

 

 

aproveitei que estava perto e fiz um desvio para passar na praia da adraga. também já tinha ouvido falar e há milhares de fotos desta praia. como estava em modo de point&shoot, não deu para despender tempo com as fotos da praxe e foquei-me numa família que se estava a divertir a fugir das ondas. 

é uma das praias mais bonitas em que já estive. pena é, como na maioria do território português, que se tenha construído uma estrutura de apoio de praia que marque tão negativamente o ambiente de natureza que rodeia o areal. temos efectivamente uma orografia que cria cenários de grande beleza mas com a intervenção dos nossos responsáveis pelo ordenamento do território e planeamento de obras, conseguimos, em muitos casos, reduzir ou mesmo retirar o interesse desses lugares. 

ainda assim, é um local a voltar e a explorar!

 

DSCF4354 (1).jpg

praia da adraga, portugal | fujifilm x100f 23mm 1/1000" f/8 iso200

 

EU QUERO...

...uma casa no campo
onde eu possa compor muitos rocks rurais
e tenha somente a certeza
dos amigos do peito e nada mais

 

 

burroville (2)-7.jpg

burroville (2)-4.jpg

 

eu quero uma casa no campo
onde eu possa ficar no tamanho da paz
e tenha somente a certeza
dos limites do corpo e nada mais

 

burroville (2)-8.jpg

burroville (2)-6.jpg

 

 

eu quero carneiros e cabras
pastando solenes no meu jardim
eu quero o silêncio das línguas cansadas
eu quero a esperança de óculos
e meu filho de cuca legal
eu quero plantar e colher com a mão
a pimenta e o sal

 

burroville (2)-5.jpg

burroville (2)-3.jpg

 

 

eu quero uma casa no campo
do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
onde eu possa plantar meus amigos
meus discos e livros e nada mais

 

burroville (2)-2.jpg

burroville (2).jpg

 

 

onde eu possa plantar meus amigos
meus discos, meus livros e nada mais
onde eu possa plantar meus amigos
meus discos e livros e nada mais

 

letra: zé rodrix

elis regina: https://youtu.be/1edqNf1AYBE

BURROS

 

das poucas memórias que guardo antes dos dez anos de idade (não porque não tenha razão para ter muitas....a memória é que é fraca), uma das que me ficou marcada foi a do dia em que vinha montado na égua dos meus avós paternos a fingir que a guiava no caminho de volta para casa, depois de termos carregado a carroça com caruma, a qual a coitada também estava a alombar.

felizmente, para ela, o caminho era bastante plano mas, perto da saibreira, havia uma subida muito íngreme e chegado o momento de a vencer o meu avó pede-me para descer dela e ir com ele na bicicleta sentado no varão....assim fiz.

quando começou a pedalar para subir o monte fez uns movimentos ziguezagueantes para ganhar velocidade e, num desses movimentos, enfiei o pé nos raios da roda da frente que foi bater violentamente contra as forquetas.

o resto da memória que guardo dessa situação foi a de me ter caído a unha do dedo grande do pé direito!

para o mini-macho a experiência de uma hora em cima do burro foi sem sobressaltos.

obrigado senhor manel.

 

 

burrovile-8 (1).jpg

 

 

burrovile-3 (2).jpg

 

 

burrovile-4 (2).jpg

 

 

burrovile-5 (2).jpg

 

 

burrovile-6 (2).jpg

 

 

burrovile-7 (2).jpg

 

 

burrovile (2).jpg

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D