Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NUNCA PONHAS O BARRETE

sempre que passava junto à figueira da foz pela A17 ficava com vontade de explorar a zona dos campos de cultivo que ladeiam o mondego....e hoje decidi-me a ir lá.

queria apanhar a actividade da passarada pela manhã pelo que levantei o monte d'ossos com barriga da cama às cinco da matina....além do mais, tinha também marcado um compromisso para as onze da manhã e ainda tinha de voltar para casa, tomar banho e fazer mais vinte minutos de carro para ao local.

cheguei por volta da cinco e quarenta e assentei arraiais numa estrada de terra batida rodeada por água.

como ainda estava escuro como o breu e me esqueci do frontal por ali fiquei até que o céu clareasse....o objectivo era percorrer as estradas de terra batida, para ver se o perímetro abdominal diminui e, obviamente, tirar fotos do que me desperta a atenção.....o que é um problema em si, porque para mim qualquer merdinha é como se fosse a elle macpherson em fato de banho ao meu dispor para modelo fotográfico.

bem, passou-se cerca de uma hora, nasce o sol, passam dois ou três pássaros (haviam poucos, devem ter ido para a nazaré ver as brazucas a desfilar), bato umas chapas e ando por ali a caminhar, tudo muito bonito sim senhor.....até ao momento em que chego a um dique onde estão meia dúzia de tipos as pescar.....assim que se apercebem que eu não trago uma cana com minhocas ao pendurão, mas sim uma máquina fotográfica, ficam em alvoroço!

por momentos deu-me uma vontade, quase descontrolada, de lhes pedir a licença de pesca mas como tinha um compromisso a coisa podia dar para eu ir servir de isco aos pampos decidi controlar-me e afastar-me um pouco.

estou eu descansado de rabo para o ar numa linha de comboio, ali perto do dique, quando sinto a presença de alguém......tú queres ver que me vão pôr o anzol na boca....pensei.

viro-me para trás e lá estava um dos pescadores com ar de poucos amigos de braços cruzados ao cimo do peito, ao mesmo tempo que tentava encolher a barriga.

mando-lhe uns "bons-dias", ao que o gajo retorquiu um "grrrrrr"....voltou as costas e foi-se...........vá lá uma pessoa perceber!!

entretanto ouço o telefone a tocar.....era o meu irmão a lembrar-me do compromisso.....eram dez e cinquenta.....dass!

volto para o carro mas como já estava super atrasado tive de ir directo para o local.

andava com botas de montanha e tinha posto um barrete por causa do frio....quando tiro o barrete, de malha, vejo que o cabelo parece um ninho de ratos....fuck!....e agora?

....chego ao local para a reunião, de barrete na cabeça, e por cada pessoa que passo apercebo-me que olham para mim de esgânfia e com um sorriso forçadamente contido.....foi uma hora e meia penosa e francamente nem me conseguia concentrar no que se estava a falar (sorry brother!) :)

 

 

paiao - campos de cultivo-2.jpg

 

paiao - campos de cultivo.jpg

 

paiao - campos de cultivo-7.jpg

 

paiao - campos de cultivo-15.jpg

  

paiao - campos de cultivo-12.jpg

 

paiao - campos de cultivo-11.jpg

 

paiao - campos de cultivo-22.jpg

 

paiao - campos de cultivo-14.jpg

 

paiao - campos de cultivo-24.jpg

 

paiao - campos de cultivo-13.jpg

 

paiao - campos de cultivo-33.jpg

 

paiao - campos de cultivo-18.jpg

 

paiao - campos de cultivo-30.jpg

 

paiao - campos de cultivo-35.jpg

 

paiao - campos de cultivo-36.jpg

 

paiao - campos de cultivo-26.jpg

 

paiao - campos de cultivo-47.jpg

 

paiao - campos de cultivo-46.jpg

 

paiao - campos de cultivo-44.jpg

 

paiao - campos de cultivo-43.jpg

 

paiao - campos de cultivo-41.jpg

 

paiao - campos de cultivo-39.jpg

 

paiao - campos de cultivo-51.jpg

 

paiao - campos de cultivo-40.jpg

 

paiao - campos de cultivo-48.jpg

 

 

melting pot

aos anos que passo ao lado de são teotonio e nunca me despertou qualquer interesse entrar na vila mas este ano houve qualquer coisa que me fez "dar-lhe uma hipótese de mostrar o que vale"...e então entrei.

estacionei o carro mesmo no centro e fui à bagageira mudar a lente da máquina, dado que tenho por lá a mala com esse equipamento. quando abro a mala apercebo-me de dois tipos, a não mais que cinco metros de distância, a olhar para mala como quem olha para um saco cheio de dinheiro e com aquela expressão de cálculo de que já devem estar a imaginar.

ainda ponderei por-me a andar dali p'ra fora porque quanto mais olhava à volta mais me convencia de que tinha escolhido o pior sitio da vila para estacionar o carro mas acabei por ficar.

...e ainda bem que fiquei.

a vila ainda estava toda engalanada do festival dos mastros, que já tinha decorrido, mas o ambiente mantinha-se com todos os enfeites de papel entrançados nos mastros e pendurados nas teias que ligavam árvores, coretos, postes e mastros pelas principais ruas da vila. é de valorizar o esforço colectivo das pessoas para manter vivas tradições e festas que dão um trabalho do caraças...contava-me a senhora que nos serviu no café que estavam a ponderar começar a fazer os enfeites em plástico para poderem ser reutilizados em festejos posteriores uma vez que os de papel os não podem guardar.

enquanto andava por ali a tirar umas fotos vejo que um dos "beto-mãozinhas" que tinha ficado a fazer uma raiz quadrada para definir o tipo de ferramenta que haveria de utilizar para me abrir o carro se baralhou com o cálculo e decidiu andar-me a controlar...pensei...andas a ver por onde ando para dares o alarme ao outro que lá ficou quando eu for naquela direcção....mas continuei na minha, fiz mais uma fotos e segui em direcção ao carro.

quando chego ao carro.....estava intacto, ufa! não foi desta!

são teotoino tem uma grande mistura de etnias e culturas - alentejanos, rastafáris, orientais, sul-americanos, africanos, ciganos, etc. - e isso torna-a ainda mais interessante porque esta multiculturalidade só se costuma distinguir em grandes cidades....haverá melting pot?

 

festival dos mastros sao teotonio-2.jpg

 

festival dos mastros sao teotonio-4.jpg

 

festival dos mastros sao teotonio-3.jpg

 

festival dos mastros sao teotonio-7.jpg

 

festival dos mastros sao teotonio - mota.jpg

 

festival dos mastros sao teotonio.jpg

 

golden hour....a preto&branco

não resisto a contar o que se passou no dia em que fui fotografar estas imagens, num inicio de noite na praia do carvalhal....ver em baixo.

 

sunset carvalhal.jpg

 

sunset carvalhal-2.jpg

 

sunset carvalhal-4.jpg

 

só para contextualizar um pouco melhor, eu sou daquele tipo trapalhão que passa a vida a bater em esquinas de mesas e a escaparem-se-lhe objectos da mão como se tivessem vida própria.

estava a tirar umas fotos idênticas à da última imagem antes deste texto e, como fotografo sozinho, defino o temporizador na máquina para me dar tempo para chegar à posição que pretendo para o enquadramento.

a imagem não dá a ideia de quão escuro estava mas acreditem que pouco se via.

para não variar, esqueci-me de levar a lanterna e como a ideia era iluminar-me durante a exposição acabei por usar o flash, fazendo vários disparos para conseguir definir o contorno do corpo.

numa das fotos decidi ir para dentro do mar até ficar com a água um pouco acima dos joelhos....também não dá para perceber mas quando a água recuava retirava a areia da base dos pés e facilmente se perdia o equilíbrio.

...estava então dentro de água, e a evitar que o rebentamento das ondas no meu corpo molhasse o flash, e em simultâneo a fazer disparos e a tentar manter o equilíbrio quando, numa das "flashadas", me esqueci de fechar os olhos...e disparei mesmo em frente ao trombil !!!! dass, que f@%$....já estava desequilibrado mas agora cego, sem saber onde estava e com as ondas a fazerem um barulho que se torna assutador quando não se vê nada...bem! o qué é que eu faço agora?? deu-me para correr no sentido que julgava ser o da praia...por acaso acertei mas pelo meio ia aterrando os queixos e perdi uma havaiana....mas por que raio é que eu fui de havainas para dentro do mar??? 

enfim, como cantava o variações....quando a cabeça não tem juízo o corpo é que paga.

 

deixo-vos com uma imagem a cores para verem o fim de tarde tal como eu o vi.

 

sunset carvalhal-3.jpg

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D