Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

bokeh

passo a vida desfocado

bokeh

passo a vida desfocado

SPOOKY

borboleta-2.jpg

 

lembram-se da lagarta que decidi adotar?

pois bem, ei-la após a metamorfose.....feia como só ela :)

deve ter sido da qualidade da alface e de a ter privado de oxigénio.

eu à espera daquelas borboletas tipo aves do paraíso, cheias de cor garridas, e.....saí-me isto na rifa.

já me ocorreu usar guaches para a compor um pouco, tipo maquilhagem, mas depois lembrei-me que tenho um filho e que não seria grande exemplo.

agora não sei o que fazer à bicha. se a solto com esta chuva, vai de vela em dois tempos. se a deixo cá em casa, falece-me nos braços porque não sei o que lhe dar de comer, e já percebi que não gosta de nestum mel (como é que é possível?). amanhã vou dar-lhe malmequeres e água.

 

borboleta-3.jpg

 

borboleta-4.jpg

 

borboleta.jpg

ANIMAL DE ESTIMAÇÃO

lagarta.jpg

 

apareceu sem ser convidada, transportada por uma alface, e ficou.

como a vida nas cidades não deixa muito espaço ao contacto das crianças com a natureza, decidi deixá-la ficar por cá para que o vicente possa assistir à sua transformação em borboleta.

estas fotos são do inicio da semana e ontem já criou uma teia à sua volta para mudar de pele. segundo li, depois virá a fase do casulo e só então a metamorfose.

vou tirando fotos para vos mostrar o desenvolvimento.

  

lagarta-3.jpg

 

 

lagarta-2.jpg

 

POLUIÇÃO

poluição.jpg

 

esta é a miséria que pode ser encontrada em qualquer rio, oceano ou, neste caso, numa fonte aqui na terriola.

os ecopontos foram uma ideia interessante mas, parece-me, não fizeram mais do que ajudar à promoção de utilização de material descartavel.

não é que tenha saudade de ir à fonte buscar água em garrafões de vidro mas esse tipo de acção, que serve aqui como exemplo de muitas outras situações, poupava a natureza de ser sujeita a ciclos de poluição que encontramos nos nossos dias. 

o exemplo de ir à fonte buscar água é um bom exemplo porque permite, também, identificar a quase extinção de fontes de água potável e o contributo que as industrias na cadeia de produção de embalagens de água tiveram e têm na sua contaminação.

sou favorável ao investimento na ciência e tecnologia para encontrar formas de produzir embalagens bio-degradáveis mas, não o deveríamos fazer sem, seriamente, investir na mudança de comportamentos.

 

POINT&SHOOT

já tinha ouvido falar da pitoresca azenhas do mar mas nunca tinha surgido a oportunidade de lá ir.

na verdade, também não foi desta que lá fui porque, no meu conceito de ir, está subjacente o ato de visitar, estar, conhecer e falar com os locais.

o que fiz foi passar pela estrada número trezentos e setenta e cinco, parar cinco minutos (aproveitando que o garoto estava a dormir), e, como qualquer bom turista de instagram, tirar fotos iguais a outras tantas e dar a fuga.

é bonito sim senhor, o céu carregado e a névoa densa contribuíram para o cenário pitoresco....só faltou passar à hora do por do sol para colorir mais o ambiente.

 

DSC4006 (2).jpg

azenhas do mar, portugal

 

 

aproveitei que estava perto e fiz um desvio para passar na praia da adraga. também já tinha ouvido falar e há milhares de fotos desta praia. como estava em modo de point&shoot, não deu para despender tempo com as fotos da praxe e foquei-me numa família que se estava a divertir a fugir das ondas. 

é uma das praias mais bonitas em que já estive. pena é, como na maioria do território português, que se tenha construído uma estrutura de apoio de praia que marque tão negativamente o ambiente de natureza que rodeia o areal. temos efectivamente uma orografia que cria cenários de grande beleza mas com a intervenção dos nossos responsáveis pelo ordenamento do território e planeamento de obras, conseguimos, em muitos casos, reduzir ou mesmo retirar o interesse desses lugares. 

ainda assim, é um local a voltar e a explorar!

 

DSCF4354 (1).jpg

praia da adraga, portugal

 

GRUTA DE MIRA D'AIRE

hoje fomos à gruta de mira d'aire e antes de sair de casa estive dez minutos para decidir se levava ou não a dslr. cheguei mesmo a ir busca-la para que, no limite, servisse de backup caso o smartphone não correspondesse à exigência da fraca luminosidade. 

pois bem, a dslr ficou em casa e os resultados foram melhores do que o esperado.

num aparte, devo dizer que neste post existe um objecto fálico com o propósito único de aumentar as audiências do sexo feminino.

 

 

gruta mira d'aire-5.jpg

 

gruta mira d'aire-6.jpg

 

gruta mira d'aire-13.jpg

 

gruta mira d'aire-2.jpg

 

gruta mira d'aire-14.jpg   gruta mira d'aire-15.jpg

 

gruta mira d'aire.jpg

 

gruta mira d'aire-11.jpg   gruta mira d'aire-16.jpg

 

gruta mira d'aire-8.jpg

 

gruta mira d'aire-12.jpg

 

gruta mira d'aire-4.jpg

 

gruta mira d'aire-7.jpg   gruta mira d'aire-3.jpg

 

gruta mira d'aire-10.jpg

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D