Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

bokeh

passo a vida desfocado

bokeh

passo a vida desfocado

EU FAÇO E ACONTEÇO


bokeh

03.01.18

a resolução do ano anterior tinha sido fotografar em exclusivo com o smartphone.

ora, como qualquer outra resolução de fim/início de ano que se preze, esta continua na lista das que se vão começar na semana seguinte.

na verdade, pouco fotografei em dois mil e dezassete mas, do que fotografei com o smartphone e do que explorei dos seus recursos, levou-me a concluir que, apesar de servirem perfeitamente o propósito a setenta por cento das minhas necessidades, os restante trinta por cento são demasiado importantes para o tipo de fotografia que faço para abdicar de "verdadeiras" máquinas fotográficas. 

por isso, vou meter na gaveta das resoluções por cumprir (talvez já seja mais um gavetão), esta de usar em exclusivo o smartphone para fotografar e reformulo a resolução para - vou fotografar mais e dar menos importância à porra dos gadgets e equipamentos que uso para o fazer. 

 

 

DSCF4503-Editar-Editar.jpg

 

 

DSCF4506 (1).jpg

 

 

DSCF4513 (1).jpg

 

 

DSCF4509 (1).jpg

 

EU QUERO...


bokeh

12.11.16

...uma casa no campo
onde eu possa compor muitos rocks rurais
e tenha somente a certeza
dos amigos do peito e nada mais

 

 

burroville (2)-7.jpg

burroville (2)-4.jpg

 

eu quero uma casa no campo
onde eu possa ficar no tamanho da paz
e tenha somente a certeza
dos limites do corpo e nada mais

 

burroville (2)-8.jpg

burroville (2)-6.jpg

 

 

eu quero carneiros e cabras
pastando solenes no meu jardim
eu quero o silêncio das línguas cansadas
eu quero a esperança de óculos
e meu filho de cuca legal
eu quero plantar e colher com a mão
a pimenta e o sal

 

burroville (2)-5.jpg

burroville (2)-3.jpg

 

 

eu quero uma casa no campo
do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
onde eu possa plantar meus amigos
meus discos e livros e nada mais

 

burroville (2)-2.jpg

burroville (2).jpg

 

 

onde eu possa plantar meus amigos
meus discos, meus livros e nada mais
onde eu possa plantar meus amigos
meus discos e livros e nada mais

 

letra: zé rodrix

elis regina: https://youtu.be/1edqNf1AYBE

BURROS


bokeh

29.10.16

 

das poucas memórias que guardo antes dos dez anos de idade (não porque não tenha razão para ter muitas....a memória é que é fraca), uma das que me ficou marcada foi a do dia em que vinha montado na égua dos meus avós paternos a fingir que a guiava no caminho de volta para casa, depois de termos carregado a carroça com caruma, a qual a coitada também estava a alombar.

felizmente, para ela, o caminho era bastante plano mas, perto da saibreira, havia uma subida muito íngreme e chegado o momento de a vencer o meu avó pede-me para descer dela e ir com ele na bicicleta sentado no varão....assim fiz.

quando começou a pedalar para subir o monte fez uns movimentos ziguezagueantes para ganhar velocidade e, num desses movimentos, enfiei o pé nos raios da roda da frente que foi bater violentamente contra as forquetas.

o resto da memória que guardo dessa situação foi a de me ter caído a unha do dedo grande do pé direito!

para o mini-macho a experiência de uma hora em cima do burro foi sem sobressaltos.

obrigado senhor manel.

 

 

burrovile-8 (1).jpg

 

 

burrovile-3 (2).jpg

 

 

burrovile-4 (2).jpg

 

 

burrovile-5 (2).jpg

 

 

burrovile-6 (2).jpg

 

 

burrovile-7 (2).jpg

 

 

burrovile (2).jpg

 

 

ALOMBAR O FARDO


bokeh

17.08.16

é oficial, isto bateu no fundo! 

sair da tenda às seis da matina e voltar às nove com meia duzia de fotos de.......fardos? mas o qué qué isto ó meu?

e depois queixas-te que tens uma média de zero visitas diárias no blog.

tenho de rever isto das fotografias.....mais vale começar a postar cenas de reboco pró trombil e farrapos para tapar as vergonhas.

 

fardos-4.jpg

 

fardos-3.jpg

 

fardos-7.jpg

 

fardos-6.jpg

 

fardos-8.jpg

 

fardos-2.jpg

 

MIAMI BEACH PORTUGUESA


bokeh

09.08.16

então não é que há flamingos em portugal?!!

não fosse uma daquelas caminhadas matinais no sitio onde estava de férias e ter-me sido dada a informação por um outro "tolo" que se levanta àquelas horas e continuaria a pensar que bicharada aviária dessa só existia em miami beach para fazer genéricos do miami-vice.

os sacaninhas são é assustadiços......fui-me aproximando a pouco e pouco mas ainda estava a uns bons trezentos metros e desataram a bater asa.....nunca mais os vi!

foi pena, até porque nunca comi flamingo e a patroa e o petiz andavam fartos de comer peixe :)

 

 

Flamingo-10.jpg

 

Flamingo-2.jpg

 

Flamingo-11.jpg

 

Flamingo-13.jpg

 

Flamingo-14.jpg

 

 

o que também abunda por lá são os pernilongos e alfaiates que, em grande medida, foram os responsáveis pela fuga dos flamingos, porque assim que me viram fizeram um chinfrim danado.....eles lá pressentiram que eu ia à procura de almoço.

 

Flamingo-9.jpg

 

Flamingo-8.jpg

 

Flamingo-6.jpg

 

Flamingo-5.jpg

 

Flamingo-4.jpg

 

Flamingo-3.jpg

 

Flamingo.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor